5 truques contra as bolinhas no esmalte

Quem nunca passou por aquela situação desagradável de acabar de fazer as unhas e de repente aparecerem aquelas bolinhas indesejáveis! Pois aqui vão 6 dicas para evitar esse contratempo:

1. Cuidado com a temperatura das mãos

Uma das principais culpadas pelas bolinhas no esmalte é a temperatura. Se a mão está quente, elas provavelmente irão surgir. Existem duas dicas muito simples para resolver a situação. A primeira é para ser aplicada em casa: antes de pintar a unha, deixe a mão de molho em um pote com água e gelo.
A segunda dica é para ser aplicada fora de casa, como em salões de beleza: a mão que está recebendo o esmalte deve segurar uma garrafa de água gelada, enquanto a profissional a pinta. As duas técnicas garantirão uma mão gelada, o que poderá evitar as bolinhas.

2. Espere secar
O ideal é, no início, passar uma camada lisinha de esmalte na unha, esperar secar e, só então, passar novamente outra camada. Se você não der o tempo necessário para que o esmalte seque, involuntariamente, as bolinhas irão surgir.

3. Evite esmaltes quentes
Além da mão quente, outro problema que pode ocasionar o surgimento das bolinhas no esmalte é a temperatura do próprio esmalte. É preciso guardá-lo em lugares arejados, longe do calor excessivo. Se você notar que ele está um pouco quente, a solução pode ser deixá-lo em baixo da torneira por um tempinho.

4. Busque o ambiente ideal

Pintar as unhas em um ambiente aberto ou em frente ao ventilador podem ser péssimas ideias. Correntes de vento podem ser uma das principais causadoras das bolinhas no esmalte.
Nos salões de beleza, a principal ameaça costumam ser os secadores de cabelo. A solução normalmente é ficar no quarto, com a porta fechada e sem ventilador ligado. Ou seja, procure um ambiente fechado.

5. Prazo de validade
Por mais que seja óbvio, muitas pessoas acabam esquecendo de verificar o prazo de validade dos esmaltes. Às vezes, eles ficam meses – ou até anos – guardados no canto mais esquecido e sombrio do armário e, quando você o acha, já está vencido. Então, busque sempre usar produtos dentro da validade.

Compartilhe

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *